sábado, 7 de setembro de 2013

Kitsune, o espírito da raposa

  Olá, queridas fadinhas!
  Hoje vamos falar sobre uma criatura que me fascina muito, a Kitsune. Mas o que é uma kitsune? Quem é fã de mangá, com certeza respondeu de primeira!
Kitsune é um elemental do Ar e do Fogo. Uma raposa de nove caudas que assume a forma humana. Seres inteligentes e com capacidades mágicas que aumentam com a sua idade e sabedoria. Entre estes poderes mágicos, tem a habilidade de assumir a forma humana — normalmente aparecem na forma de uma mulher bonita, uma jovem ou uma velha. Enquanto algumas histórias falam que as kitsunes usam essa habilidade apenas para enganar as pessoas — como muitas vezes fazem em folclores — outras histórias as retratam como guardiãs fiéis, amigas, amantes e esposas. Além da habilidade de assumir a forma humana, elas possuem os poderes de possessão, conseguem gerar fogo das suas caudas e da sua boca (e é agora que você diz "caraca véi"), o poder de aparecer nos sonhos e o de criar ilusões.
     Raposas e seres humanos tem vivido próximos desde o Japão antigo; esta convivência deu origem a lendas sobre essas criaturas. Kitsunes são associadas com a figura do Deus Xintoísta, Inari — Deus do arroz, da fertilidade, da agricultura, das raposas e da industria — , servindo como suas mensageiras. Esta função reforçou o significado sobrenatural da raposa. A qualidade física mais notável da Kitsune são suas caudas, podendo chegar em nove. Quanto mais caudas uma kitsune tiver mais velha, sábia e poderosa ela é. Histórias dizem que leva 100 anos para uma cauda aparecer. Devido a seu poder e influência, pessoas fazem oferendas para elas como se fossem divindades.

    
     Muito dos mitos de raposas do Japão podem ser vistos no folclore da China, Coréia ou Índia. Esses mitos populares contam histórias de raposas que podem ter até nove caudas. Várias dessas histórias foram gravadas no Konjaku Monogatari, uma coleção do século XI de narrativas Chinesas, Indianas e Japonesas.
      Há um debate sobre a origem dos mitos das Kitsunes, não sabem se foi inteiramente de fontes estrangeiras ou parte do folclore japonês, que datam a partir do quinto século d.C. O folclorista japonês Kiyoshi Nozaki argumenta que os japoneses vêem positivamente as kitsunes desde o quarto século d.C.; as únicas coisas importadas da China ou da Coréia eram os atributos negativos em relação a elas. Ele afirma que, de acordo com um livro de registros do século XVI, chamado Nihon Ryakki, as raposas e o ser humano viveram muito próximos no Japão antigo, e afirma que as lendas indígenas sobre as criaturas se formaram em conseqüência desse convívio. A erudita Karen Smyers aponta que a idéia da raposa como sedutora e a conexão dos mitos de raposas ao Budismo foram introduzidas no folclore japonês com as histórias chinesas similares, mas diz que algumas histórias de kitsunes contêm elementos únicos do Japão.

    
      Acredita-se que as Kitsunes possuem uma inteligência superior, vida longa e poderes mágicos. Elas são um tipo de yōkai, ou de entidade espiritual, a palavra kitsune é muitas vezes traduzida como espírito da raposa. No entanto, isso não significa que elas são fantasmas, ou que sejam diferentes de raposas normais. Porque a palavra espírito é usada para refletir um estado de conhecimento ou Iluminismo.
     Existem duas classificações comuns de kitsune. A zenko, que são raposas benevolentes, celestiais associadas ao Deus Inari; elas são chamadas às vezes simplesmente de raposas de Inari. Por outro lado, as yako tendem a ser mais maliciosas. Tradições locais costumam adicionar mais tipos. Por exemplo, ninko é um espírito de raposa invisível que seres humanos só podem perceber-los quando são possuídos. Outra classificação tradicional é definir a kitsune em uma dos treze tipos existentes, pelas habilidades sobrenaturais que a kitsune possui. Fisicamente, kitsune são lembradas por ter nove caudas. Em geral, um maior número de caudas indica uma raposa mais velha e mais poderosa; nos folclores dizem que uma cauda crescerá após que a raposa viver 100 anos. Um, cinco, sete e nove caudas são os números mais comuns nas histórias. Quando uma kitsune recebe sua nona cauda, sua pele torna-se prateada ou dourada. Estas Kyūbi ou Kitsune (raposas de nove caudas) ganham a capacidade de ver e ouvir qualquer coisa em qualquer lugar no mundo também adquirem sabedoria infinita (Onisciência).


 A kitsune é, sem duvida, um dos youkais mais poderosos da Mitologia Japonesa. Uma das suas habilidades mais comuns é a de mudar de forma. Geralmente a de uma jovem e bela mulher (independentemente do género a da idade atual da raposa), mas há histórias e relatos de kitsunes assumindo outras formas, como um velho, uma criança, ou formas ainda mais fantásticas, como uma árvore de altura incrível ou uma segunda lua no céu.
Outras habilidades sobrenaturais comumente atribuída ao kitsune incluem bocas ou caudas que gerem fogo ou relâmpago (conhecido como kitsune-bi, literalmente, a cauda da raposa), a manifestação voluntária nos sonhos dos outros, vôo, invisibilidade, e a criação de ilusões tão complicado que é quase indistinguível da realidade (ha, vocês já eram elfinhos biembers!). Alguns contos falam de kitsune com poderes ainda maiores, capazes de manipular o tempo e o espaço, e levar pessoas à loucura. Outras têm características que lembram vampiros ou súcubos e se alimentam da vida ou o espírito dos seres humanos, geralmente através do contato sexual (zoofilia? eu dispenso, valeu?)
 Pessoas que são filhos(as) de kitsunes (geralmente porque o pai delas acaba se casando com uma kitsune em forma humana sem querer) não vão ser necessariamente raposas, mas podem herdar os poderes sobrenaturais destas. Apesar destes poderes, kitsunes tem uma fraqueza em particular: assim como os gatos, as kitsunes tem um medo patológico de cães, e uma vez que eles aparecem, as kitsunes saem correndo. Por conta disso, eu vou ter de invocá-las através de hipnose (sonhos). Cães são mesmo um problema (e a deusa Hécate que me perdoe!).

Tipos de Kitsune

  • Bakemono-Kitsune: É uma Kitsune má e espectral (como um fantasma), muito parecido com Reiko, Kiko e Koryo;
  • Genko: Kitsune preta, normalmente é visto como um bom presságio;
  • Kiko: Espírito de uma Kitsune;
  • Kitsune: Termo geral para a palavra "Raposa", Kitsunes podem ser retratadas tanto como Boas ou Más;
  • Kitsune-Bi: Kitsunes com o poder de invocar chamas com a boca e com sua cauda;
  • Koryo: Kitsune Amaldiçoada;
  • Kuko: Kitsune do elemento Ar. Kukos são Kitsunes muito más, consideradas do mesmo nível do Tengu (Goblin Japonês);
  • Kyuubi no Kitsune: São as Kitsunes que alcançaram os 900 anos e tem 9 Caudas, elas ganham a habilidade de poder ver e ouvir tudo em qualquer lugar no mundo, também adquirem sabedoria infinita (Onisciência);
  • Nogitsune: Kitsunes Selvagens, normalmente é usada para diferenciar entre as Boas e Más Kitsunes. Assim eles usam o termo "Kitsune", para as Boas Kitsunes, aquelas que seguem e são mensageiras do Deus Inari e "Nogitsune" para todas aquelas que enganam pessoas e não seguem o Deus Inari, e são consideradas más. As Nogitsunes não são realmente más, apenas gostam de enganar as pessoas;
  • Reiko: Fantasma de uma Kitsune. Não é uma Kitsune Má, mas definitivamente é perversa;
  • Shakko: Kitsune vermelha, podem ser consideradas tanto como Boas ou Más (Igual as "Kitsunes")
  • Shouzaa: Espírito Seiryu, supervisor das raposas;
  • Tenko: Kitsune celestial elite das kitsunes, são aquelas que alcançaram os 1.000 anos de idade(normalmente nessa idade as Kitsunes já possuem 9 caudas e sua pelagem muda de cor para Prata ou Dourada), mas são consideradas tão más como a Tamamo-no-Mae ou benevolentes e sábias como as mensageiras do Deus Inari;
  • Yako/Yakan: Termo geral para a palavra "Raposa" (Igual a "Kitsune").


     Me lembrei de uma história sobre uma kitsune que ouvi de uma professora quando eu estava na sexta série.
   Um homem, viúvo que morava sozinho com seu bebê, conheceu uma kitsune e tornou-se muito amigo dela. Embora todos do vilarejo condenassem essa amizade, dizendo que as raposas (kitsunes) eram traiçoeiras. Um dia, esse homem precisou sair de casa para resolver um problema e não encontrou ninguém que pudesse cuidar de seu filhinho enquanto estivesse fora. Não lhe restou outra alternativa, senão deixar o seu filho sobre os cuidados da kitsune.
    A kitsune descansava tranquilamente na sala quando ouviu o bebê chorar e foi depressa ao quarto do bebê, ver o que estava acontecendo. Chegando lá, ela viu uma cobra próxima ao berço do bebê e sem pensar duas vezes, matou a cobra.
    Quando o homem voltou para casa, encontrou a raposa com a boca toda suja de sangue. Pensando o pior dela, ele a matou.  Então ouviu o seu filho chorando e foi correndo até o quarto. Chegando lá, ele encontrou seu filho no berço e a cobra que a raposa tinham matado para proteger a criança. Cheio de remorso, o homem percebeu o erro que tinha cometido.
   Eu sempre choro quando me lembro dessa história. Coitada da raposa! O homem não confiou nela. O idiota deveria entrado dentro de casa para ver se ela tinha ou não devorado o seu filho. Eu sei que deve ter sido assustador chegar em casa e ver a raposa com a boca cheia de sangue. Mas ele deveria ter confirmado sua suspeita antes de qualquer coisa.

      As kitsunes não são fadas, mas nem por isso deixam de ser interessantes. Concorda?
   Se você gostou delas e não tem nenhum cachorro na sua casa (que inveja!) não tenha medo de invocá-las (as do bem, claro!). Já imaginou ter uma kitsune como guardiã? Seria d-e-m-a-i-s!!!
    Bem, agora eu tenho que ir porque se não invocar uma kitsune já, vou ter um treco! Me desejem sorte porque essa é a minha chance de me livrar de vez daqueles orelhudos chatos.

Beijinhos...

21 comentários:

ϟ Viih disse...

Eu nunca tinha ouvido falar nelas *----------*
Eu ia adorar ter uma kitsune como guardiã, e antes mesmo de ler o post eu pensei já ter visto esse nome em algum lugar, mas acho que não.
Infelizmente eu tenho um cachorro em casa, mas ele fica no corredor por ser meio... grande. Isso atrapalharia?
Ah, e sabe algum modo de invocá-las? Fiquei muito curiosa agora kkkk.
E boa sorte ^^

Daniele Araujo disse...

Oi, Viih! Boa-noite?
Talvez vc tenha mesmo ouvido falar em raposas de nove caudas se já assistiu o desenho Naruto.
Então... Como eu disse antes, querida Viih, não tenho muita intimidade com os elementais do fogo. Mesmo assim estou estudando sobre eles e tudo o que eu aprender pretendo compartilhar com os outros. Tente adquirir uma imagem de raposa (pode ser miniatura) e acenda velas laranjas ou vermelhas para atrai-las. Tente também orar a oração para os elementais do fogo. Vou postar ela para vc no próximo post. ok?
Eu esperei todo mundo dormir ontem e fui para a sala. Acendi uma vela laranja e no escuro meditei para invocá-las. Imaginei que eu estava em uma floresta escura e que a vela era uma fogueira (não ria!). Então visualizei uma raposa comum vindo ao meu encontro. A raposa ora era raposa e ora era uma mulher. Ela sentou-se a minha frente, do outro lado da fogueira. E senti uma coisa que nunca antes tinha sentido em nenhuma meditação. Tudo se tornou tão intenso e real que eu nem sabia se estava sonhando ou se estava acordada. E de repente eu senti aqueles olhos laranjas da kitsune me olhando fixamente com curiosidade. Fiquei com tanto medo que quase abri os olhos e gritei "Mamãe!". (Não vc ficaria impressionada com a minha coragem. Acredita que eu levei uma lanterna e me sentei bem perto da porta? Qualquer coisa eu abria a porta e o meu cachorrinho vinha me salvar...) . Senti meus braços se torcerem como se fossem elásticos (mas eu não sentia dor). Tentei manter o auto-controle e disse a mim mesma que eu não estava com medo (mentira!). Então eu pedi a Kitsune para não fazer aquilo, que era estranho e desconfortável. Convidei ela para vir me visitar em meus sonhos. Ela se sentou diante de mim, do outro lado da fogueira e continuou me encarando com aqueles olhos estranhos. Falei com ela, mas ela não me respondeu. Sorriu em dado momento. Mas foi apenas isso. Quando terminei de meditar, coloquei a vela em um lugar seguro e fui dormir. Me senti tão leve, como nunca havia me sentido antes.
Apesar de um pouquinho assustador (quase corri quando o cachorro arranhou a porta), eu curti muito essa experiência e super recomendo pra vc, Viih!

Invocar uma kitsune é mais fácil do que imagina. Assim como invoquei os elfos com apenas uma vela e meu desejo crescente de conhecê-los. Atrair certos elementais, especialmente os do fogo, requer o uso de velas. Incensos podem ajudar, mas funcionam melhor com os elementais do Ar.

Acho que seu cachorro não vai ser um problema, contanto que ele nunca esteja perto quando estiver fazendo qualquer ritual para elas (para não espantá-las).

Beijo!

ϟ Viih disse...

Que ótimo Dani! Fico feliz que conseguiu!
A vela, tem que ser laranja, e especialmente no escuro? Quando você imaginou, ela apareceu por vontade própria, ou você á visualizou?
E a kitsune tem a capacidade de aparecer no plano físico, ou apenas no mental?
Beijos!

Daniele Araujo disse...

Boa-tarde, Viih!
Olhe a vela não precisa ser laranja. Pode ser vermelha ou branca. Eu só segui a minha intuição e usei a vela laranja, especialmente por causa da cor da raposa que eu visualizei.
Quando a visualizei, ela veio sim, por conta própria. Vc sabe quando isso acontece porque em geral, as coisas se desenrolam de forma inesperada e tudo fica mais claro (como em uma visão).

Acredito que assim como os elfos, as Kitsunes dominem mais o plano espiritual que o físico. Entretanto, isso não significa que elas não possam se materailizar nesse mundo. No fim, tudo é uma questão de despertar a sua vidência, de abrir o seu "terceiro olho", de ver além do véu. Uma vez que consiga tirar a venda de seus olhos, vc poderá ver o elemental que quiser e quando quiser!

ϟ Viih disse...

E quando visualizou, você percebeu ou viu quantas caudas ela tinha? Claro, se não for perguntar demais. E aliás, uma coisa que você não citou (e se citou eu não percebi), existem Kitsunes... macho? kkkk
Já ouvi falar no terceiro olho, mas nunca me atrevi a tentar abrir. Pode até ser bom, mas também é péssimo. Você passa a ver tudo. Coisas boas e principalmente ruins. Isso de ver vultos, vozes e essas coisas, não tá pra mim. Eu sou MUITO medrosa, você nem imagina quanto. A minha primeira reação a ver qualquer elemental vai ser sair gritando, começar a chorar e abraçar a minha mãe kkkkk
Sério, eu preciso ir ao médico, pois esse medo ainda vai acabar me matando. Já pensou, se eu tivesse um infarto por causa de um susto?
É, acho que o psicólogo que minha mãe queria me levar não cairia tão mal assim.

Daniele Araujo disse...

Boa-tarde, Viih!
Olha, pra ser honesta, eu nem reparei muito na cauda dela porque seus olhos animalescos eram tão lindos e atraentes, que me prendiam mais que qualquer coisa. Mas se tivesse que arriscar diria que essa kistsune tem pelo menos duas caudas porque ela parecia forte.
Não ouvi falar em kitsunes machos, mas vai saber. Né? De alguma forma, elas tem de reproduzir porque ninguém vem da chocadeira.

Que bom que vc aprendeu! muita gente não leva magia a sério e desconsiderando todos os riscos, abre portais e invoca espíritos que depois não pode controlar. A magia é viciante e o conhecimento mais ainda. Deve-se ter cuidado com certas experiências. Estude ao máximo que puder, mas nunca seja impulsiva. Só atraia algo que vc saiba como afastar depois.
Tudo a seu tempo. Se ainda não se sente preparada para avançar a fundo na magia não esquente. Quando for o momento certo, vc vai sentir. Acredite!

Laura Ferreira disse...

Oii Dani , td bem ? adorei o post ,Bom minha pergunta é como meditar sei que é estranho não saber meditar , mais n sei me concentrar , penso em muitas coisas ao mesmo tempo , bom a outra pergunta é se eu "imagino" a raposa vindo ate mim , ou se ela vem sozinha , e se eu posso chamar uma Kitsune que possa ser do mal e me causar mal ? ( ou medo pois sou muito muito medrosa)

E se ela pode se tornar minha miga , bom vc ja deve ter percebido por minhas perguntas , q em quase todas as perguntas eu pergunto -Podem ser minhas amigas ? hahaha

Bom é q n tenho amigas e para falar a verdade confio mais em seres mágicos do que em mortais shuahsuahsua

Beijos beijos q as fadas te iluminem !...

Daniele Araujo disse...

Boa-noite Laura!
Eu vou postar em breve Como Meditar para que vc aprenda a se concentrar. Pode parecer um pouquino difícil no começo, mas uma vez que vc pratique e pegue o jeito da coisa, vc não esquece mais. É como andar de bicicleta (com tombo e tudo).
Vc deve deixar sua mente relaxar. Peça ajuda a deusa Lete (deusa do esquecimento) para afastar qualquer pensamento inoportuno de sua mente. Concentre-se na imagem da raposa. Não force. O que tiver de acontecer, acontecerá. Não se preocupe. Deixe tudo fluir naturalmente. Pode ser que a kitsune queira se mostrar a vc em uma forma humana e nesse caso, vc deve permitir, não se prendendo a uma forma- pensamento. A kitsune pode sim se tornar sua melhor amiga, conselheira e protetora. Adquira uma imagem de raposa (se encontrar) e acenda velas (não todos os dias, uma vez por semana pra não ficar com excesso do elemento fogo e surtar) e ore sempre a invocacão do elemento fogo, substituindo a palavra Salamandra por Kitsune.
Lembra quando eu disse que semelhante atrai semelhante? Pois então, se vc fizer o ritual duvidando que as kitsunes realmente existam vai acontecer o mesmo que aconteceu no filme de terror que eu vi na semana passada (Invocação, baseado em fatos reais) vai atrair um espírito maldoso. E se fizer o ritual com medo também vai acontecer o mesmo. Respire fundo e antes de fazer o ritual, ore ao arcanjo Miguel e peça a sua proteção. Dessa forma, nenhum espírito do mal vai se aproximar, pois todos os elementais do fogo temem Miguel (hã, até eu!). E se tiver um cachorro, pense como eu, se a kitsune pirar, vc solta o cachorro e ela foge! Simples assim. kk. Mas não deixa o cachorro perto durante o ritual ou vc não vai atraí-las.

Olhe, eu também não tenho muitas amigas. Se quiser, me add no Face ou no Orkut. Eu juro que não mordo!

Matheus Oliveira disse...

Gostaria de saber se uma kitsune pode viver entre os humanos e chegar a constituir uma familia sem ninguem nem mesmo os mais proximos saber deste "segredo"?

Daniele Claudino disse...

Oi Matheus, segundo os relatos antigos é possível sim.

Séries G disse...

Que incrível! ''Conheci'' o ser pela Série Teen Wolf e me fasinei !

Alice Simões disse...

Oi Dani, queria saber se tem como se tornar uma Kitsune, desde que comecei a assistir Teen wolf, me interessei bastante pela raposa de várias caudas, se tiver como se tornar uma, pode me dizer?
Não sei se você disse isso no texto, passei despercebida se você disse
Obrigada!

Daniele Claudino disse...

Não querida, infelizmente não. Ou você nasce como uma ou não. :/

KitsuneHatakeAnimes disse...

Oiiiii !!! Amei seu post , vc pode porfavor me falar como invoca uma kitsune youkai é muito importante pra mim , eu sempre fico procurando na internet mas ninguém sabe como invoca um youkai então quando vc disse q ia invocar uma kitsune eu pensei q vc era a unica q sabe fazer isso e queria muito sua ajuda , de verdade , se vc puder me dizer como faz essas invocações eu ia adorar saber , obg pela sua atenção e pela ajuda !!

Maikon Ramos disse...

É possivel invoca-la sem usar velas?

Sekai Crazy disse...

Tem como ela se materializar ou eu poder começar a vê-la regularmente após o ritual?E se ela se tornar minha protetora como devo trat´´a-la?Como saber se ela n esta me enganando?Como saber se um kitsune é má?

Rafa Woods disse...

Olá!? Gostaria de comentar sobre a invocação das Kitsunes, gostaria de saber qual é o perigo ao chama-las. Pois uma vez eu li que, para invocações devemos ser cautelosos, pois é bem diferente da evocação. Oque acha???

Drakolar disse...

Oi eu gostaria de saber se a kitsune que possui a Hoshi-no-tama é perigosa kkk eu andei dando uma pesquisa mas tem muito pouco sobre elas pode dar alguma coisa ruim se eu for tentar invocar uma ?

Drakolar disse...

Tem algum problema em invocar uma kitsune com Hoshi-no-tama ?

Natsu Dragneel disse...

Como que a invoca ou chama ele

lucas Araújo disse...

Vou fala algumas coisas que acoteceram na trajetória da minha conheço seu blog a muitos anos até tentei mir elvove com magia mais como muito Novo tive medo de sonhos com muitas bruxas ... chegou um dia em que tive um coelho ele morreu :/ aconteceu assim a noite algo mir disse para coloca ele dentro de casa mais não coloquei aí o cachorro matou dizem que minha irmã abriu e esqueceu de fechar mais não a culpo coisas assim acontecem e o animal seu seu instinto deixei de comer carne peixes tudo qualquer ser vivo que se mexe ex formiga ja queria fazer isso faz tempo foi um pacto com meu coelho por muitos motivos mais antes disso acontece tentei convoca uma fadas :/ e coloquei no youtube um dos seus rituais mals ai
https://youtu.be/9-vMfGD9RY0
Agora sim volto com tudo sou do signo gêmeos já fiz o alta fiz oferenda técnica de visualização grimonio e outras coisas mais tem muitas magia antes que eu não deveria ter feito :p hoje tenho um coelho cágado e tem um gato hoje que veio até em casa quando tava no ritual no alta tava brincando com meu coelho depois coloquei o coelho dentro de casa e o gato queria entra ofereci leite ele não bebeu no início entrou em casa e ficou pela casa depois veio perto de mir ficou brincando mir arrodiado dei carinho e foi bebe o leite depois esperei ver se ia embora pois tenho que fechar as portas ele entrou então fechei dei mais carinho tomei banho e fui pra cama e ele veio também pra cama depois foi se deita na porta por um tempo depois saiu e mir levantei pouco tempo após ele sair e sumiu ? Não entendi

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...